(85) 98849-6977 / 3348-4983

 
Com lockdown, dados da Covid-19 em Fortaleza têm tendência de estabilização pela primeira vez

Coronavírus
Coronavírus
Com o isolamento social rígido, a tendência é que a curva de contágio seja estabilizada, assim como a de óbitosNatinho Rodrigues
 

Pela primeira vez, desde que o novo coronavírus começou a se disseminar por Fortaleza, há uma tendência de estabilização nos dados relativos à Covid-19 na Capital, saindo de uma fase exponencial para uma mais linear.

 

 
 

 

A informação foi compartilhada pelo governador Camilo Santana durante a transmissão ao vivo, na tarde desta quarta-feira (20), em que o gestor atualizou o decreto de isolamento social rígido (lockdown) até o próximo dia 31 de maio.

> Decreto de isolamento é prorrogado até 31 de maio; Fortaleza segue em lockdown

Os gráficos apresentados pelo governador apontam a tendência de estabilidade na curva de evolução da doença no número de casos confirmados, de casos em investigação e de óbitos. "Essa é uma tendência importante que mostra que estamos caminhando para um platô aqui na Capital. A tendência é que, após o platô, comece a diminuição dos casos aqui em Fortaleza, que é o problema maior no Estado do Ceará", pontuou Camilo.

 

Coronavírus
Coronavírus
Curva mostra tendênciaReprodução/Sesa CE

 

O platô é uma espécie de pico contínuo, que demora a apresentar queda. Assim, o número de casos novos registrados por dia continua alto por um período não determinado, até que começa a cair.

A interpretação foi atestada pelo gerente da Célula de Vigilância Epidemiológica de Fortaleza, Antônio Lima. Segundo ele, o estudo foi realizado por pesquisadores do Departamento de Física da Universidade Federal do Ceará (UFC) em parceria com o faculdade City College of New York.

 

obitos
obitos
Reprodução/ Sesa CE

 

"Os dados ainda são preliminares, pois o isolamento social rígido não tem muito tempo, mas eles perceberam já uma pequena mudança no padrão de propagação da doença, medida pelos casos confirmados. Ou seja, a curva apresenta-se como uma tendência de estar mais ou menos em direção a uma estabilidade do número de casos diários", pontua o epidemiologista.

 

 

De acordo com Antônio Lima, o lockdown tem sido bastante efetivo nessa estabilidade, pois os primeiros resultados da efetividade do decreto, no número de casos confirmados, podem ser sentidos a partir do quinto ou sétimo dia. "O isolamento social vem para manter essa tendência e reduzir ainda mais o crescimento da doença para que a gente tenha alguma folga mais confortável, com taxa de ocupação de leitos adequada aos pacientes."

CORONAVÍRUS NO CEARÁ


Ouça Rádio Liberdade




Publicidades


Enquete
Nenhuma Enquete no Momento!

As mais pedidas
Nenhum Registro Encontrado No Momento!

 
 
  Liberdade Rádio TV   Live on Host